Para alcançar um objetivo é necessário ter confiança e com certeza isso não vai faltar é o que garante o lateral-esquerdo, Alex Cazumba, após sua apresentação na tarde desta quarta-feira (25), no CT Barbosa Filho.

“O elenco do Nacional é muito bom. Não tinha não vir. Esse vai ser o ano do acesso do clube. Vim porque o elenco tem tudo para subir”, afirmou.

Baiano nascido em Amélia Rodrigues/BA, Cazumba se considera paulista e partir de hoje vai morar em Manaus, conta que apesar da vida nômade de jogador de futebol, nunca imaginou atuar na Região Norte, mas que, apesar do calor, pretende ficar por algum tempo vestindo o manto azul.

“Sou baiano, mas cresci em São Paulo, sou baiano paulista (risos). Hoje estou em Manaus e senti logo a diferença do clima. É inevitável. Mas isso não é problema, somos acostumados. Com frio ou calor vamos jogar e levar o nome do Nacional no peito por algum tempo ai”, avisou.

Questionado sobre sua personalidade em campo, ele declara. “Sou um jogador com muita vontade de vencer e conto com o apoio da torcida sendo o décimo segundo jogador. Com eles nos apoiando esse acesso fica mais próximo”, resumiu.

Cazumba tem 27 anos de idade, nasceu para o futebol no São Paulo. Chegou ao clube em 2005 e saiu em 2012, mas antes de sair, em 2008 foi campeão brasileiro, sob o comando do renomado Muricy Ramalho.

Na carreira, ele tem além desse Brasileirão, um título nos EUA pelo L.A. Galaxy, um estadual pelo Botafogo/PB e um pelo América/RN.