Não há distância para o amor, principalmente para um torcedor. E o nacionalino mais uma vez cumpriu à risca o que diz a letra do hino do clube: tua torcida estará sempre ao teu lado e viajou até Manacapuru para incentivar o Mais Querido no segundo amistoso preparatório para a Série D do Campeonato Brasileiro.

O presidente da Associação das Torcidas Organizadas do Nacional (ATON), Lula Bastos, afirma que 200 pessoas se deslocaram até a Terra da Ciranda para torcer pelo Leão.

torcida 1 (2)

“Foram três ônibus e cerca de 200 pessoas. Contamos com as que foram de ônibus e as que foram de carro. Todas as torcidas organizadas mandaram representantes. A torcida em maior número, como sempre, foi a Naça Jovem”, disse.

Os torcedores azulinos chegaram e estearam suas bandeiras no Gilbertão. Na entrada do time marcaram presença, gritando, aplaudindo e cantando o hino do clube, mas, ainda de acordo com o presidente da ATON, o jogo não agradou nacionalinos.

IMG_6918

“Em relação ao jogo, a opinião dos torcedores foi quase unânime: um jogo feio, com poucas emoções. Os dois times, principalmente o Nacional, mostraram desentrosamento. A torcida apoiou o time até o fim do jogo, mas não esconderam seu descontentamento com o desempenho do time”, ressaltou.

Bastos conta que na partida amistosa contra o Baré/RR, os torcedores se sentiram mais confiantes, em comparação ao do confronto diante do Princesa.

“Ao final do jogo contra o Baré/RR a torcida se mostrou bastante confiante, mas esse jogo de ontem deixou muita gente insatisfeita. Entendemos que o time rendeu abaixo do esperado, no entanto, eu pessoalmente, acredito que o problema das contusões dos nossos meias foi o grande diferencial para apatia no nosso meio de campo e pra falta de criatividade”, declarou.

“Vamos torcer para que no jogo do próximo final de semana na Arena da Amazônia já tenhamos a volta de Charles, Álvaro e Leandro Chaves. Esperemos que com esses jogadores o time tenha outro comportamento. Vamos aguardar, não podemos perder o foco”, completou.

Naça na cabeça

na cabeça

Teve um torcedor que fez até um corte especial no cabelo para esse jogo. O Palhinha integrante da torcida organizada Apaixonaça não pensou duas vezes e mostrou que leva o Naça na cabeça.

Mais Naça x Princesa

Leão e Tubarão já tem dia, hora e local para um novo confronto. As equipes se enfrentam em novo amistoso no sábado (4), às 16h, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima e a torcida nacionalina já confirmou presença.