Descanso? Que nada! Dois dias após estrear com vitória no Campeonato Amazonense, o Nacional FC tem mais um desafio neste sábado (27), diante do Nacional Borbense, em Borba.

O técnico, Alan George falou sobre sua avaliação contra a equipe do Rio Negro, que a equipe respondeu bem as exigências do comandante e afirma continuar nesse ritmo até o fim do campeonato.

“Nossa primeira vitória foi em cima de tudo que trabalhos, muita determinação, espírito de luta, raça e vontade. Nosso padrão é esse. Neutralizamos os pontos fortes da equipe do Rio Negro e criamos jogadas para sair com a vitória. Nossas armas para todo o campeonato são foco e determinação”, disse, Alan.

Sobre o adversário deste sábado, Alan revela como pretende superar o homônimo Nacional de Borba dentro de casa.

“Tivemos dois dias para trabalhar e recuperar o elenco para o jogo de hoje. Nós começamos a dar ênfase no jogo contra o Borbense, estudando a equipe adversária. Fizemos um posicionamento nesta sexta feira, preparando para a situação que vamos enfrentar lá, dentro da casa deles”, contou.

Barezão é diferenciado

Que o Campeonato Amazonense é diferenciado, disso ninguém duvida. Mas para o técnico, Alan, o que mais lhe chamou a atenção foi a raça, o jogo pegado. Pensando nisso, ele garante continuar no ritmo do primeiro jogo, fazendo alguns ajustes para as rodadas seguintes.

“Deu para perceber que o Campeonato é de muita raça, muito pegado, mas estamos trabalhando para isso, focar e vencer. Agora vamos dar continuidade no trabalho e seguir firme na regularidade da nossa equipe”, finalizou.

O Naça enfrenta o Nacional Borbense pela segunda rodada válida pelo Campeonato Amazonense. A equipe azulina joga fora de casa e busca mais uma vitória para arrancar no Barezão.

Colaboração Roberta França