O Nacional Futebol Clube está se preparando para o jogo da volta diante do Trem/AP, fora de casa, às 15h (de Manaus) no estádio Zerão, em Macapá/AP. Um dos jogadores que está treinando pesado para permanecer entre os titulares é determinado, técnico e observador. Joga na defesa e foi o capitão no último jogo do Leão. Trata-se de Edson Rocha.

Rocha vem ganhando espaço com o treinador Vagner Benazzi, que logo no primeiro jogo oficial como titular com a camisa do Nacional deu um presente de ouro para o atleta: a braçadeira de líder, de capitão em campo.

“Primeiramente agradeço a Deus pela oportunidade de jogar entre os titulares. Não esperava ser Capitão mas o professor Benazzi me deu essa oportunidade fiquei muito feliz.  Joguei muito bem e pude contribuir com a vitória junto com meus companheiros”, disse.

Confiança é outra palavra que resume Edson Rocha. Sobre a expectativa para o próximo jogo? O zagueiro foi enfático e, sem rodeios, disse que se entregará em campo para sair de Macapá com resultado positivo.

“A expectativa é muito boa. Vamos entrar em campo confiantes para buscar mais um resultado positivo. O time assumiu o segundo lugar na tabela e animou a torcida, nos animou, claro, não tem nada definido, mas nosso comportamento pode mudar muita coisa. Vamos nos entregar em campo”, destacou.

O capitão reconhece o bom momento vivido pelo Naça e salientou a importância da partida. Para o zagueiro, entrar focado também é importante para que a equipe não cometa erros no jogo.

“Nós sabemos da importância dessa partida e temos que entrar focados, já conhecemos o adversário e esperamos fazer um grande jogo e voltar com um bom resultado”, presumiu.