Na noite da próxima quarta-feira, dia 31, às 20h, o Leão da Vila Municipal encara a equipe do Princesa do Solimões, em jogo de volta pela semifinal do Barezão 2017. A partida irá ocorrer no Estádio Carlos Zamith, localizado no bairro Coroado, zona Leste de Manaus.

No primeiro jogo, Nacional e Princesa se enfrentaram na casa do clube alvirrubro, em duelo que finalizou empatado com um placar de 2 a 2. Vantagem para a equipe azulina que joga amanhã, dia 31. e para garantir a vaga na grande final do Campeonato Amazonense, deverá ganhar o jogo ou mesmo arrancar um empate no resultado da partida.

E como todo jogo decisivo, o presidente do Nacional convocou a torcida azulina para apoiar a equipe e, por ser o responsável pelo mando de campo, criou uma maneira de incentivar o torcedor a prestigiar não só a partida, mas também o futebol amazonense como um todo: amanhã, o torcedor que comparecer ao estádio trajando a blusa do Nacional Futebol Clube, seja ela de torcida organizada ou qualquer uma que faça referência ao Naça, ou estiver trajando roupa azul e branca (camisa azul e branca ou apenas azul) terá benefícios para assistir ao jogo, de maneira que os homens terão o desconto da meia-entrada e as mulheres terão acesso gratuito à partida, desde que ambos atendam às regras desse novo projeto.

Para Roberto Peggy Pinheiro, presidente do Nacional Futebol Clube, a ideia partiu da vontade de lotar os estádios e de manter vivo o apoio e o amor do torcedor pelo clube do coração. “Como bom torcedor e apaixonado por futebol, sei como é emocionante ver a união das pessoas em prol de um mesmo objetivo: ver o time que ama ser campeão, ou mesmo ganhar uma partida. E pensando nisso, me perguntei o porquê de não incentivar a ida dessas pessoas ao estádio. Sabemos que muitos tem limitações, seja pela falta de recursos financeiros ou pela localidade em que se encontram ser distante de onde vai ocorrer o jogo, entretanto promover essa nova forma de participação nos jogos estimula o torcedor a se manter sempre presente e a acompanhar a equipe. E isso é muito gratificante!”, destacou.