O Nacional Futebol Clube foi a campo enfrentar o Manaus FC, na tarde deste sábado (07), às 15h30 no CT Barbosa Filho, bairro Coroado,  zona leste de Manaus, pela oitava rodada do Campeonato Amazonense de Juniores

O jogo

As duas equipes começaram disputando todas as jogadas,  procurando o gol,  mas cometiam muitas faltas no meio de campo. Aos 3 min, Hayllan recebe falta. Eles mesmo foi para a cobrança mas, mas o goleiro Junior pegou.

O  Nacional seguia procurando abrir o placar. Num contra-ataque do adversário, Matheus Felipe fez falta perto da área. Rivelino cobrou e a bola bateu na barreira aos 10 min.

A primeira chance clara de gol saiu aos 20 min e veio pelos pés do Rivelino, que arrancou entre os jogadores azulinos e chutou, mas o goleiro Mathiê defendeu.

A partir dos 25 min o time do Manaus começava a pressionar o gol nacionalino, Felipe Munhoz tirou com um chutão a bola que tinha endereço certo, o gol. Aos 31min o goleiro Mathiê do Naça, fez uma grande defesa, com a ponta dos dedos botou a bola para fora após um chute de Wesley Napão.

Intervalo de jogo: Técnico James usou os minutos para orientar sua equipe.

Segundo tempo

Nacional já começa a segunda etapa chutando à gol e a defesa do Manaus tirando,  Helton chutou forte e a bola caprichosamente bateu na trave e depois para fora. Parecia correr tudo bem para o Nacional, até que aos 9 min, quando Wesley Napão chutou forte e venceu Mathiê,  1 a 0 Manaus FC.

Depois do gol, veio o festival de cartões.

Aos 12min cartão amarelo, Marquinho do Manaus fez falta em Matheus Felipe.
Aos 24min outro cartão amarelo para o Alisson, do Naça e Rickson do Manaus, ambos por reclamação. Quatro minutos depois foi a vez de  Geovanne, do Manaus receber amarelo, por falta em Hayllan.
Aos 35 min veio o gol de empate,  de cabeça,  Helton coloca a bola no fundo do gol, tudo igual no CT Barbosa Filho, 1 a 1.

Depois do empate, a arbitragem voltou a levantar o cartão, mas desta vez foi cartão vermelho. Hayllan camisa 10 do Naça  foi expulso por xingamento. O juiz ainda expulsou o jogador Leonardo do Nacional que estava no banco de reservas, também por reclamação.

Termina o jogo com o placar empatado. Com esse resultado, Manaus e Nacional disputaram a partida nas penalidades.

O Manaus FC começou as cobranças com o camisa 20, Marquinho que colocou a bola no fundo da rede. Abraão foi cobrar para o Nacional,  mas o goleiro Junior pegou. Depois foi a vez de Mathiê defender o chute de Rickson, do Manaus.

Matheus Felipe também desperdiçou sua cobrança, o goleiro Junior defendeu. Em seguida, se o Manaus fizesse o gol, ganharia o jogo, e foi isso que aconteceu, Rivelino chutou e balançou a rede azulina, 2 a 0 Manaus FC nos pênaltis.

Com a vitória, o Manaus segue na ponta da tabela, já a equipe nacionalina continua sua busca para continuar entre os líderes.

Fala Técnico

“Estamos no caminho certo, sabemos que os jogos contra os times que estão melhores posicionados serão difíceis.  Esperamos que nos próximos jogos, os jogadores melhorem cada vez mais. Na partida de hoje, eles ( jogadores) ganharam mais confiança e esperamos que na próxima rodada venha a vitória”, disse James Furtado.