O Campeonato Amazonense começou com vitória para o Nacional Futebol Clube. Em partida realizada nesta quarta-feira (24), o Naça venceu o Rio Negro por 2 a 0. Os gols foram marcados por Osmar no primeiro tempo e Nonato, sacramentou na etapa complementar.

O Nacional FC volta a campo no próximo sábado (27), quando enfrenta o Nacional Borbense, no estádio Jabotão, no município de Borba.

O jogo

A partida começou estudada. Mesmo com três volantes, o Nacional tinha a posse de bola e valorizava sempre buscando por Esquerdinha, mas ele bem marcado, procurava municiar os atacantes. Com a movimentação constante do quarteto de meias e laterais, a bola ficava muito tempo no meio campo, com uma troca de passes que visava triangular para penetrar na defesa adversária.

O Naça ameaçava, mas não conseguia concluir. Já o Rio Negro saia nos contra-ataques, mas as chances terminavam nas mãos do goleiro Tom.

Com a movimentação dos laterais avançando bastante, o Naça começou a crescer no jogo. Com a posse de bola e abrindo a defesa adversária, o time procurava o passe em profundidade nas costas dos laterais. Malaquias sempre levava vantagem, faltava contundência para sair o gol.

Aos 16 minutos, o gol saiu dos pés de Osmar, batendo de fora da área e chutando rasteiro com força, sem chance para o goleiro, Pablo. A partir daí, o Rio Negro até tentou uma reação, mas parava na boa marcação do Nacional. O Naça continuou valorizando a posse de bola até o apito de intervalo.

Segundo tempo

Início da segunda etapa, o Naça é pressionado na saída de bola. O Rio Negro começa a gostar da partida, mas quando o Galo achou que ia empatar, o Leão da Vila reagiu. Nonato fez de cabeça o gol aos 11 minutos, com cruzamento de Nego, que avançou e deixou o camisa 9 na cara do gol.

Após o gol, o time alvinegro foi todo para o ataque do Naça, mas não conseguiu trazer ameaças para o goleiro Tom. O Galo quase levou o terceiro gol no contra-ataque do Leão da Vila, que venceu o time de Aderbal Lana por 2 a 0.

A estreia no Campeonato Amazonense não poderia ser melhor. Justamente no dia 24 de agosto a nação azulina comemora um dos grandes feitos do Leão da Vila comemora 47 anos do título inédito Centro-Sul/Norte-Nordeste, sobre o Grêmio Maringá, no estádio do Maracanã/RJ.

Com a vitória diante do Rio Negro, o Nacional fica no segundo lugar na tabela, atrás apenas do Princesa do Solimões por salgo de gol. Próximo jogo é contra o Borbense, no dia 27, em Borba.

Colaborou Roberta França