O Nacional Futebol Clube mais uma vez decepcionou sua torcida jogando fora de casa. Após empatar com o Trem/AP na última rodada, desta vez não resistiu ao entrosado líder do grupo A1, o Atlético/AC, e perdeu por 2 a 1. A partida válida pela quinta rodada foi realizada neste domingo (10), estádio Florestão, em Rio Branco/AC.

Com o resultado, Vagner Benazzi e seus comandados ficam em situação difícil e terão de brigar para conseguir a classificação para segunda fase do Campeonato Brasileiro Série D.

O jogo

O jogo começa com o time do Atlético/AC tentando se lançar ao ataque nos minutos iniciais, já mostrando a superioridade. Polaco toca para Alfredo pela esquerda, mas o lateral acaba errando o cruzamento.

Não demora muito e, novamente, o adversário azulino lança a bola e tenta encontrar espaço, Polaco aparece e recebe no meio de campo e acaba sendo derrubado.

Aos 6 minutos, Jones chuta uma bomba para o gol, mas o arqueiro do Atlético espalma para fora e cede o escanteio.  Na cobrança, Osvaldir coloca na cabeça de Luis Henrique que manda para fora.

Em seguida, Polaco avança com perigo e na entrada da área, adianta a bola demais. O goleiro Tom, atento e segura a bola com tranquilidade.

O Atlético se mantém no campo ofensivo. O zagueiro azulino Edson Rocha faz falta em Rafael Barros e Galo tem boa chance na entrada da área, mas jogou para fora.

Aos 17 min, o Atlético tem cobrança de escanteio. Polaco coloca a bola na área do Naça e a defesa se segura afastando o perigo.

O Atlético mostra mais vontade e entrosamento. Ataca nas saídas de bolas, contra-ataques e bolas paradas. Tanto que aos 26 min, Cal faz falta próximo a área. Polaco vai para a cobrança, a bola passa por baixo da barreira, bate na trave e entra, Atlético 1 a 0.

Aos 29 minutos, Nonato recebe cruzamento e cabeceia forte para o gol, a bola morre no fundo da rede. Nem deu tempo para comemorar, o árbitro anulou o gol, pois antes havia marcado falta de Jones no zagueiro Diego, do Atlético/AC.

Somente aos 30 minutos, o Naça começa a ameaçar mais o time acreano.

Ainda no primeiro tempo, aos 39 min, o Atlético mexe no time, sai Alfredo e entra Léo.

Aos 43 min, Nacional cruza a bola na área e Miller, do Atlético, tira. É escanteio para o Naça. O Leão pressiona cobrando escanteio. Edson Rocha tenta, mas a bola sai pela linha de fundo.

A primeira etapa termina com o Atlético na frente, 1 a 0.

Segundo tempo

O segundo tempo começa pegado com faltas para os ambos os lados, enquanto isso o tempo passa e o Leão continua no resultado negativo.

Apesar de algumas tentativas, quem mais ameaça é o Atlético. Aos 11 min, Polaco lança bola para Psica, o jogador domina e chuta, mas o goleiro Tom segura firme sem maiores problemas.

O Naça tem chance aos 13 minutos, Osvaldir cobra falta e o zagueiro Edson Rocha cabeceia para fora.

Aos 15 min, é a vez de Benazzi mexer no time nacionalino, sai Nonato e entra Charles.

Charles entrou tentando mostrar serviços, aos 17 min, ele cobrou falta e na sobra, Luiz Henrique empata o jogo. O zagueiro meteu uma bomba de perna direita que foi reto no canto direito do goleiro do Atlético e ficou tudo igual no Florestão, 1 a 1.

No lance seguinte mais substituição no Naça, sai Esquerdinha para a entrada de Álvaro.

Aos 26 min, Álvaro fura a zaga adversária e chuta forte com a perna direita, a bola passa perto do gol, mas vai para fora.

Aos 27 min, Jones toca para Radar que cruza para Tiago Ulisses, recebeu e soltou uma bomba, assustando o Atlético.

Aos 37 min, sai Fellype e entra Matheus Damasceno do Atlético.

O Atlético parecia administrar o empate, mas aos 40 min, Léo cruza na área, a bola passa pela defesa do Naça e Rafael Barros cabeceia, sem chance para Tom. Atlético 2 x 1 Nacional

Já nos acréscimos, Benazzi decide mexer no time, sai Leandro Chaves e entra Rafael Bastos, mas o atacante nada pode fazer para evitar a derrota do Leão que perdeu fora de casa, por 2 a 1.

Colaborou: Arisson Rocha