O Nacional FC realizou seis amistosos antes da sua estreia em competições oficiais na temporada 2016, mas, a comissão técnica quer manter o ritmo de jogo até o dia 9, primeiro jogo da Copa Verde contra o Santos/AP, no estádio Zerão, em Macapá. Para isso, nesta quarta-feira (02), o elenco azulino realizou um treino técnico/tático, no estádio Carlos Zamith, zona leste de Manaus.

O técnico Heriberto da Cunha dividiu o elenco em duas equipes. No time A: Roberto Gomes, Roberto Dias, Fabiano, Osvaldir, Radar, Osmar, Cal, Álvaro, Max Willian, Charles e Rodrigo Dantas (Tressor Moreno). No time B: Thiago Régis (Jonathan), Edson Rocha, Bianor, Nego, Railson, Hugo, Hércules, Hayllan, Tiago Verçosa (Wanderley), Tressor Moreno (Tiago Verçosa) e Álvaro Marques.

Foram dois tempos, o primeiro de 30 minutos e o segundo de 24. Ainda no primeiro tempo, o lateral Radar abrir o placar para o time A. Cinco minutos depois, após cobrança de escanteio, foi a vez do zagueiro Fabiano, de cabeça ampliar. A 2 x 0 B.

As substituições ocorreram somente no segundo tempo do treino. Com a estrada de Tressor, a equipe ganhou mais velocidade no meio, Charles ficou mais livre e Max Willian mais à frente. O próprio Max teve outras oportunidades de aumentar o resultado, mas o goleiro Jonathan estava inspirado e impediu. Tressor ainda arriscou de fora da área e a bola raspou a trave.

Após o treino, Heriberto da Cunha declarou estar satisfeito com o trabalho e ressaltou a movimentação da equipe.

“O trabalho foi bom. A equipe se movimentou bem. Conseguimos nos postar bem, mas sempre orientando os jogadores. É sempre assim, trabalhando que a gente chega num consenso da melhor equipe e assim para buscar os resultados ”, afirmou.

O técnico disse ainda que pretende fazer alguma atividade no domingo (6), mas não há confirmação, por enquanto.