No domingo (24), o Nacional venceu o Penarol/AM por 2 a 0, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara (270 km de Manaus). Destaque do jogo, Charles marcou primeiro gol e deu passe para o segundo do Naça. O meia, que foi substituído quase no final da partida, comentou sobre o ratado do gramado e avalia como positiva a atuação da equipe azulina.

“A bola não corria muito, então dificultou um pouco no início. Mas depois, nos soltamos e deu tudo certo. Tocamos mais a bola e estamos no caminho certo. Consegui ajudar o Nacional marcando gol e dando passe para o outro, estou aqui para isso”, disse.

Atuando pela segunda vez como titular, o camisa 10 nacionalino não escondeu felicidade de começar a temporada com pé direito. Ele relembra o seu último gol marcado com o manto azulino e promete se doar mais em campo.

“Meu último gol com a camisa do Nacional foi contra o Princesa do Solimões, na final do Campeonato Amazonense. Fico muito feliz em começar o ano como titular no Nacional e ajudando meus amigos e prometo me doar sempre em campo”, afirmou.

Entrou fazendo gol

Max William, que entrou no segundo tempo, marcou gol que definiu a vitória para o Mais Querido. Por estar em pré-temporada, o meia acredita que o time ainda esteja se acertando e destacou a felicidade de ter marcado o tento da vitória.

“Por ser início de temporada o time está se acertando ainda. Tive uma oportunidade e consegui marcar, fico muito feliz com o Gol, serve para eu ganhar mais confiança! E vou continuar trabalhando forte para poder ajudar cada vez mais o Nacional”, ressaltou.

Amazonenses em campo

Thiago Verçosa, Railson e Hayllan estiveram em campo no segundo amistoso do Nacional da temporada.  Os amazonenses não marcaram gols, mas participaram da partida fazendo jogadas e marcando o adversário.

Hayllan, atleta mais jovem do elenco azulino, falou da sua estreia com a camisa azulina. Apesar de ser amistoso, ele garantiu estar confiante e satisfeito com seu desempenho no jogo.

“Minha estreia foi do jeito que gosto de jogar, indo para cima, sem medo de jogar, explorando minha habilidade e velocidade. Fiz jogadas de velocidade, tanto que quase saiu um gol quando arranquei para o ataque, a bola passou perto da trave, mas foi para fora”, lamentou.