Osvaldir reconhece o apático jogo que o Nacional fez contra o Dom Bosco/MT. Querendo apagar a imagem deixada e escrever uma nova página com outra história, o artilheiro do Leão na temporada com três gols sabe a fórmula ideal. E para construir a vitória necessária, que levará à classificação, o lateral destaca um fator positivo, que pode fazer toda diferença: Arena da Amazônia Vivaldo Lima.

“Jogar na Arena da Amazônia é um fator positivo. A Arena é local muito bom de atuar. Se fosse em outro estádio, ia complicar pela situação do gramado. Nosso time é um rápido de muita marcação, então, a Arena nos favorece”, comentou.

Para partida desta quarta-feira (27), às 20h30, no estádio de Copa do Mundo, o lateral sabe a fórmula ideal para construir o resultado positivo. O Nacional precisa vencer por três gols de diferença ou vencer pelo mesmo placar para levar a decisão para os pênaltis, 2 a 0.

“Tranquilidade. É lógico, precisamos do resultado, mas, ao mesmo tempo, devemos nos preocupar com a marcação, porque tomar um gol pode complicar ainda mais nossa situação. Temos que ficar tranquilos, sabemos da nossa qualidade e que podemos reverter e na hora certa o gol vai sair. Temos um elenco forte e empenhado.”, salientou.

Ingressos

Os ingressos para o duelo serão vendidos a partir das 18h, nas bilheterias da na Arena da Amazônia e custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).