Na última quarta-feira (4), o elenco azulino se reapresentou e anunciou oficialmente dois reforços para o segundo semestre: o zagueiro Luis Henrique e o atacante Jones. Em seguida realizou um treino técnico, comandando pelo auxiliar Alan George. Nesta quinta-feira (5), também foi dia de muito trabalho. Os ‘novatos’ falaram quais as expectativas com o manto nacionalino.

Revelado nas categorias de base do Friburguense, o carioca Jones Leandro Souza da Silva, o Jones de 32 anos, garante que o Naça tem um atacante com garra, com vontade de vencer e fazer gols.

MATÉRIA 2

“Podem esperar um jogador com garra, com vontade de vencer. Sou um jogador que dentro de campo, gosto que exijam de mim. Sou um jogador que não fujo da responsabilidade, de ir para o confronto, de brigar de lutar pelo nosso melhor. Podem esperar um cara com bastante sede de gols”, afirmou.

O atacante garantiu ainda que tem como característica a união com o grupo. “Jogamos pelo grupo. Se tiver um companheiro melhor posicionado do que eu, ele vai receber a bola. Não existe um jogador mais ou menos forte que o outro, mais forte é o clube e sua torcida”, salientou Jones que defendia o Macaé antes de fechar com o Leão.

Do ataque para a defesa. Do Rio de Janeiro para Santa Cruz do Sul. Outro que também revela estar satisfeito com o manto azulino é o zagueiro Luis Henrique Assmann, de 31 anos. Ele conta que está feliz com a oportunidade e diz que será um jogador comprometido.

MATÉRIA

“Estou feliz. Nacional é um clube de tradição e bem visto. Por isso, podem esperar um jogador comprometido. Por todos os clubes que passei deixei ‘portas abertas’ e espero que aqui não seja diferente. Quero fazer um bom trabalho, conseguir o acesso, mostrar a vontade de renovar com essa camisa e disputar a Série C, pelo Nacional”, disse.

Luis Henrique, Jones e seus companheiros continuam treinando forte. Nesta sexta o trabalho será somente em um período, à tarde, a partir das 16h. O auxiliar Alan George fará um treino técnico, no CT Barbosa Filho.