No quinto amistoso da temporada, o Nacional FC venceu o Genus/RO por 1 a 0, neste domingo (21), na Arena da Amazônia Vivaldo Lima. O time comandado pelo técnico Heriberto da Cunha somou mais uma vitória em amistosos e segue preparação para as competições.

O único gol da partida foi marcado contra pelo lateral-direito do Genus/RO, Guarati. Após cruzamento de Osvaldir, o lateral tocou de cabeça contra o próprio patrimônio.

Este foi segundo amistoso do Nacional na Arena da Amazônia Vivaldo Lima. O Mais Querido empatou com o Remo em 1 a 1 e venceu o Genus/RO por 1 a 0. Somando uma vitória e um empate no estádio da Copa do Mundo.

Na partida diante do Genus/RO, Wanderley não foi relacionado. A comissão técnica optou em poupar o atacante. Quem atuou no lugar dele foi Rafael Silva.

Diferentemente de Vitor. O zagueiro, que estava com dengue e ficou de fora do duelo com o Remo/PA, foi relacionado para a partida deste domingo (21). Mas após uma entrada desleal do atleta rondoniense, Vitor, que havia acabado de entrar em campo, foi substituído. Os médicos do clube azulino vão avaliar o estado da lesão do jogador.

Em cinco amistosos nesta fase de pré-temporada, o Naça soma quatro vitórias e um empate. Foram oito gols marcados e apenas um sofrido. Charles é o artilheiro da equipe com dois gols. Roberto Dias, Rodrigo Dantas, Osvaldir, Hugo, Fabiano e Max Willian completam a lista de jogadores que marcaram gols com o manto azulino.

A equipe está focada para o primeiro jogo oficial da temporada, que ocorrerá no dia 09 de março, pela Copa Verde, diante do Santos/AP, fora de casa, às 20h30, no estádio Zerão.

O JOGO

O Nacional começou avassalador nos primeiros instantes de jogo. Aos 4min, Osvaldir cruzou a bola para área, o goleiro Thiago desviou e no rebote Roberto Dias tocou, a bola tirou tinta da trave e foi para fora. Um minuto depois, Guarati desvia contra o seu próprio patrimônio e marca gol contra: 1 a 0 Naça.

Aos 7min, Rodrigo Dantas levantou e Osmar desviou fraco para o gol. Com o Genus retrancado, o Naça procurava espaços na defesa rondoninense. Aos 19m, Osvaldir mandou a bola longe após cobrança de falta.

Recuado, a primeira grande oportunidade da equipe adversária aconteceu aos 28min. Julio Cesar fez jogada individual e tocou para Tcharles, que furou ao tentar bater para o gol. Dez minutos depois, foi a vez do Leão levar perigo. Rafael Silva driblou dos jogadores e finalizou para meta, a bola passou rente a trave e foi para fora.

Ambos os técnicos voltaram com a mesma equipe para o segundo tempo. Quem começou assustando foi o Genus. Alex cobrou falta e Roberto Gomes rebateu, colocando a bola para escanteio. Aos 11min, Carlinhos recebeu no meio campo e rolou para Wellington, que mandou longe do gol.

Após os lances, a partida ficou monótona. Tanto que a grande oportunidade da segunda etapa aconteceu aos 40min. Hugo finalizou de fora da area, o goleiro rondoniense espalmou e, no rebote, Cal bateu, mas a bola resvalou na defesa do Genus e foi para fora.

Nacional FC 1 x 0 Genus/RO

Nacional FC: Roberto Gomes; Osvaldir; Fabiado (Vitor/Edson Rocha); Roberto Dias e Radar; Cal, Osmar (Hugo), Alvaro (Eusébio), Charles e Rafael Silva (Tiaguinho); Rodrigo Dantas (Thiago Verçosa). Técnico: Heriberto da Cunha

Genus/RO: Thiago Rocha (Alisson); Guarati (Marquinhos), Juninho, Luiz (Wagner), Júlio César (Edson), Vitão, Fernandinho (Jean), Carlinhos (Dodó), Alex (Luciano), Tcharles (Pemaza) e Welington (Robi). Técnico: Claudemir Pontin.

Público presente: 893
Público pagante: 375
Renda: R$: 4.560,00