Data de Fundação: 13 de Janeiro de 1913
Local: Av. Joaquim Nabuco, Centro de Manaus
Eleven Nacional 1913
Nacional Foot-ball Club, time do Naça que disputou o Amazonense em 1914

Nos primeiros dias de janeiro de 1913, quando presidia o Manáos Sporting o Dr. Edgard de Melo Freitas, cindia-se este clube de então para dar nascimento a uma agremiação fadada a ser uma das maiores glórias do Amazonas desportivo.

A cisão fora motivada por desentendimento entre o presidente e o capitão da equipe Manuel Fernandes da Silva, o Fernandinho, quando em reunião da diretoria discutia-se determinado artigo do Estatuto do Clube.

A oposição de Fernandinho encontrou guarita entre seus companheiros de equipe, da qual faziam parte, entre outros, o Sr. José Marçal dos Anjos, de tradicional família manauara, que em solidariedade o acompanharam na saída do Manáos Sporting.

Assim, a 13 de janeiro daquele ano, fundou-se em uma casa familiar situada na Avenida Joaquim Nabuco, próximo a fábrica Modelo, uma associação esportiva com o nome Eleven Nacional.

Era precisamente por interesse meramente esportivo que nascia um Clube alicerçando sua vida nos gramados sob o calor de uma torcida que viria a ser mais impetuosa, a mais vibrante, a mais numerosa da terra de Ajuricaba.

Mais tarde, o novo clube já estruturado teve o nome mudado para Onze Nacional: isso em virtude de critica formulada pelo professor Coriolano Durand, Nacionalino autêntico que dizia a Manuel Fernandes da Silva, não compreender que um clube que vedava a entrada em seu plantel de qualquer jogador que não fosse brasileiro nato, tivesse palavra estrangeira no seu próprio nome.

A primeira sede do Nacional foi instalada na gestão dos Senhores José Amandio Mendes e Cel. Leopoldo Mattos: presidente e vice-presidente e estava localizado na estrada, hoje avenida, Epaminondas.

Somente em 1930, já na sede da Rua Saldanha Marinho foi que o Onze passou a denominar-se Nacional Futebol Clube.

O Nacional honra-se possuir a hegemonia do pebol caboclo nas datas históricas: campeão do centenário da independência do Brasil, campeão do centenário da elevação do Amazonas á categoria de província, do cinqüentenário de Fundação, da primeira taça da Amazônia; e do primeiro campeonato profissional.

Tudo isso foi conseguindo graças ao esforço de suas diretorias, onde pontilharam homens de escol como Sizeno Sarmento, Severiano Nunes, Amadeu Melo, Marçal do anjos e muitos outros, da abnegação de seus atletas e da crença ilimitada de sua imensa torcida.

Assim, são transcorridos 103 anos e o clube das massas continua sua trajetória brilhante “agigantando-se” quando o nome do Amazonas desportivo reclama sua presença, reconhecendo o valor de seus co-irmãos e mostrando-se sempre jubiloso em contar com o entusiasmo incessantemente renovado das gerações mais novas, que são de fato, o sustentáculo de sua vida, e a razão de ser de sua glória.


Jogadores do Eleven

Primeiro Jogo: 20 de Julho de 1913
Resultado: Manáos Athletic 4 x 2 Eleven Nacional

 

Eleven Nacional 1913Em pé, começando pela esquerda, está Manoel Fernandes da Silva, conhecido como Fernandinho, fundador do Nacional. Estudou na Inglaterra e foi funcionário federal no estado de Rondônia. Ao lado, Antônio Craveiro, centroavante, foi funcionário do Correios, morreu ainda jovem, com 33 anos, depois que foi acometido de tifo. Segue o moreno José Ernesto e ao seu lado, o juiz do jogo com o uniforme do Manaós Sporting Club (pode-se ver na camisa as iniciais do clube MSC). No canto direito da foto, um pouco mais atrás, um anônimo torcedor elegantemente vestido de braços cruzados.

No centro, de joelhos, estão Jorge Hermes, sobrinho do antigo corretor Hermes de Araújo. Manoel Laíza e Authberto Rocha que durante muito tempo gerenciou a agência do Lloyd Brasileiro de Manaus que funcionava na Rua Marechal Deodoro.

Na fila da frente, vemos Santos Ferreira e Paulo Melo que era antigo despachante aduaneiro. Sentado segurando a bola está Cícero Costa, zagueiro que chegou a jogar pelo Clube do Remo e que também era excelente violonista. Ele foi o autor de cinco gols no primeiro clássico RioNal, realizado no dia 2 de março de 1914. E para finalizar, Jorge melo e Fausto Paiva.


Principais Jogos: 1913 – 1919

MANÁOS ATHLETIC x ELEVEN NACIONAL

Apenas seis meses após a fundação do Nacional Futebol Clube, o grupo de amazonenses aparece pela primeira vez no ground contra o time dos ingleses.

ONZE NACIONAL 3 x 0 MANAOS SPORTING

Perfeitamente equilibrados, e compostos dos seus elementos principais, a peleja foi animada, conseguindo afinal o Onze levar a palma da vitória.