Na tarde de ontem, quarta-feira, dia 18, às 16h, a equipe juvenil do Nacional Futebol Clube enfrentou o Tarumã Esporte Clube na semifinal do Campeonato Amazonense de Futebol Juvenil 2016 – Segundo Turno e venceu a adversária com um placar de 7 a 3. O jogo ocorreu no Centro de Treinamento Barbosa Filho, localizado no bairro Coroado, zona Leste de Manaus.

No início da partida, a equipe azulina se mostrou mais ofensiva e manteve o domínio da bola por meio de passes precisos. Prova disso foi o placar parcial de 3 a 0, com dois gols de Rafael Rennardy e um gol de Leonardo Andrade, o Léo. No segundo tempo, o jogo continuou bastante disputado, o Nacional continuou fazendo um trabalho de toque de bola e conseguiu finalizar mais quatro jogadas, com mais dois gols de Léo e dois gols de Keven Queiroz.

O Tarumã ainda tentou diminuir e conseguiu fazer três gols, mas não foi suficiente e o placar finalizou com a vitória do Nacional por 7 a 3. O resultado da partida entre Manaus Futebol Clube e Fast Clube ficou em 2 a 1 para a equipe do Manaus F.C., com gols de Cyro e Ravier.

O técnico da equipe, Leandro Lima, disse que a meta agora é focar na final do campeonato. “Vamos trabalhar duro para vencer o próximo desafio. O jogo não vai ser fácil, mas os meninos evoluíram bastante e estão muito determinados e tenho certeza que mesmo com todos as adversidades, buscaremos trazer o melhor resultado para a torcida azulina”, declarou.
Segundo a Federação Amazonense de Futebol (FAF), a disputa pelo título do Campeonato Amazonense de Futebol Juvenil – Segundo Turno será realizada no próximo sábado, dia 21, às 10h, no Centro de Treinamento Barbosa Filho. O confronto será entre os times Nacional Futebol Clube e Manaus Futebol Clube.

Vale lembrar que o vencedor do returno vai encarar o Sul América na decisão final do campeonato. No primeiro turno, o Sul América foi vice-campeão, mas ganhou o direito de jogar a final do Estadual Juvenil 2016 após a eliminação do Rio Negro, que havia ganho o campeonato, mas foi punido por escalação irregular de atletas pelo Tribunal de Justiça Desportiva.